Desenvolvimento da linguagem do bebê começa ainda no útero - MeuCháBaby

Desenvolvimento da linguagem do bebê começa ainda no útero

Assim que a mulher descobre que será mãe ela já começa a falar com o bebê. Há quem pense que isto é loucura, afinal como o feto dentro do útero pode escutar a mãe?

Um novo estudo mostra que as mamães agem de forma super correta. Sabe por quê? É que pesquisadores descobriram que os bebês começam a desenvolver a linguagem
ainda no útero e que , pouco antes de nascer, o cérebro já diferencia o idioma falado pela mãe de outras línguas.

A pesquisa é de grupo da Universidade de Kansas, nos Estados Unidos, que usou métodos não invasivos e avaliou 24 bebês a um mês do parto. O teste consistia em
observar a reação dos fetos quando uma pessoa desconhecida falava com eles em inglês (o idioma nativo das mães) e em japonês. O resultado é que ouvir a voz falada
no mesmo idioma mantinha o ritmo do batimento cardíaco. Já o som em outro idioma, acelerou os batimentos. Esta diferença de comportamento aconteceu porque
o bebê foi capaz de perceber diferenças no ritmo e entonação de cada língua.Então, está aí a prova de que as mamães devem falar com o bebê ainda dentro da barriga. Esta voz familiar também acalma e traz conforto para o feto.

Mas não pára por aí as novidades do estudo. Sabe aquela mania que as pessoas tem de falar de forma infantilizada com crianças pequenas? Isto também é válido porque
facilita o início do desenvolvimento da linguagem. Porém, é claro que, a infantilização não pode permanecer ao longo do desenvolvimento.

Outra curiosidade é sobre estar em contato com outros idiomas logo no início da infância. Aquela história que quanto mais cedo a criança tem contato com outra
língua, mais facilidade ela terá em aprender, é verdadeira. Faz bem escutar outro idioma logo nos primeiros meses de vida pois nesse período ocorre a maturação
cerebral e ela terá capacidade maior de absorver elementos únicos de cada língua, como o ritmo, por exemplo.

Então, mamães, não se intimidem. Podem conversar à vontade com seu bebê, contar histórias e falar dos seus sonhos. A relação mãe e filho começa com a criança ainda no
útero e vocês não podem perder a oportunidade de curtir cada etapa da gestação de uma forma muito única e especial.

E aí? Já deu um “bom dia” para o baby?