Corpo da gestante: quanta transformação! - MeuCháBaby

Corpo da gestante: quanta transformação!

Imagina uma nova vida crescendo dentro de você durante 9 meses. Impossível que o corpo da mãe não passe por várias mudanças no período da gestação, não é mesmo?
Entre as mudanças, está o brilho da pele. Quando a mulher está grávida, a quantidade de sangue no corpo dela tende a aumentar em 50% e os hormônios femininos, que
estão a todo vapor, deixam as glândulas de óleo mais ativas. Por isto a pele fica com mais brilho.

Mas durante a gravidez não é apenas coisa boa que acontece com a pele. Em 90% das gestantes surgem manchas pelo corpo devido o hormônio melanotrófico que age nas
células da pigmentação e acelera a síntese de melanina. Então, é fundamental usar protetor solar diariamente.

Outra alteração que acontece e desagrada muito as gestantes são as estrias. Elas acontecem porque o volume de gordura sob a pele aumenta muito e com isto, as fibras da derme distendem e podem se romper. Daí forma-se os vasos sanguíneos, que se manifestam como manchas vermelhas que vão cicatrizando e embranquecem.

Já os cabelos vivem duas fases com a gravidez. Primeiro eles ficam lindos porque a grávida tem uma superprodução de estrógeno. Então durante a gestação os fios ficam
bonitos e resistentes. Mas infelizmente após o parto, os fios caem bruscamente.

Para quem tem pouco seio e sempre quis tê-los maiores, a gestação é um momento delicioso. As mamas podem aumentar três vezes de tamanho porque as glândulas
mamárias se proliferam, há maior acúmulo de gordura e a prolactina prepara tudo para a produção de leite. Mas também tem alteração ruim nesta parte do corpo. É o
aumento da sensibilidade, dor ao toque e escurecimento das aréolas.

Durante a gestação há mudanças também na coluna. Não se assuste embora esta mudança possa parecer bem perigosa! Para sustentar o peso extra durante a gestação,
o eixo de equilíbrio se desloca e as grávidas mudam a postura naturalmente. Com o avanço da gravidez há uma acentuação da lordose, os ombros são jogados para trás e
as pernas ficam mais afastadas.

Tem ainda aquelas outras mudanças no corpo da mulher, já tão conhecidas e temidas: a indisposição, as náuseas, os vômitos e sonolência. Tem também a vontade de urinar com frequência e em muitas mulheres, prisão de ventre e dores de cabeça esporádicas.

É…o corpo da gestante sofre muitas mudanças. Mas tudo vai valer a pena. Afinal, ele está gerando uma nova vida e só de pensar que depois de 9 meses o bebê estará em
seu colo, qualquer sensação ruim vai embora. Verdade ou não?